Blog Abismo Anhumas

Primavera em Bonito: manifestações da natureza na estação mais inspiradora do ano

Primavera em Bonito: manifestações da natureza na estação mais inspiradora do ano

20.09.2018.

A Primavera é uma estação inspiradora. Basta uma breve reflexão para nos lembrarmos de alguma música ou poema feito sobre a estação das flores. Parece que tudo fica mais bonito, e o verde mais verde. Depois de um período de inverno e dias frios, o sol começa a aparecer com mais firmeza, mas nem tão forte quanto no verão, o que torna os dias mais agradáveis.  

Mas falando especificamente da Primavera em Bonito, no Mato Grosso do Sul, o que será que muda? Se você vem para a região nessa época, prepare-se. Para nos contar um pouco dessa sensação, convidamos a Mariazinha, guia da região há mais de 25 anos, formanda do primeiro curso de guias de turismo de Bonito e dona da Big Tour, uma das primeiras agências da cidade.  

Confira só no depoimento a seguir. 

 

Luz que invade o Cerrado 

A primavera, eu considero a estação da luz, das flores. Quando eu acordo de manhã e escuto sabiá laranjeira gorjeando, fraquinho, ao longe, parece que timidamente, eu sempre comento com a Marina, que trabalha em casa já há muitos anos ‘olha hoje o sabiá laranjeira iniciou a sua cantoria. E então é um anuncio da Primavera, sabe? O sabiá laranjeira é o sinal de que a Primavera está chegando. É muito gratificante ouvi-lo 

Primavera é o momento da vida, das flores, são os passarinhos que se alegram voando para todos os lados. Você consegue vê-los catando gravetinhos para construir seus ninhos. É nessa época que eles constroem seus ninhos para botarem, para em outubro novembro já estarem com seus filhotes, voando. Então é uma estação muito linda. 

São as flores no cerrado, na mata. 

Aqui é a época dos Ipês. Temos os Ipês roxo, rosa, amarelo e o branco. Agora são o amarelo e branco que estão florindo. E o cerrado fica lindo com os Ipês floridos. 

A Primavera é a estação das flores, das chuvas que já se iniciaram. O cheiro da terra molhada… Porque depois de um longo período de inverno nós não temos chuvas. E então quando chega a Primavera, logo tem as primeiras chuvas.  O cheiro da terra molha é muito gratificante.  

no início da estação, as águas ficam muito límpidas, porque nas estações de chuvas, as cachoeiras não ficam tão transparentes como no inverno. Então, ninício da Primavera as águas estão muito cristalinas. Um pouco frias (21 graus, 19 graus), mas se tratando de cachoeiras, você  um pulo, nada e sai teu sol. Então aquece! 

É muito apetitoso dar um mergulho na água. E nas flutuações são sempre usadas roupas de neopreneentão é diferente. Elas estão sempre protegendo da água [mantendo a temperatura do corpo]Na flutuaçãoas águas mais quentinhas ficam em torno de 24ºC, as mais frias, 21. Na cachoeira oscila mais, pois o percurso é mais longo”. 

 

Guia por (e com) amor 

Mariazinha nasceu em Bonito mesmo. É guia há 25 anos. “Já fizemos inclusive bodas de prata, uma festa para comemorar, conta. Hoje ela já não trabalha ativamente como guia, só de vez em quando. Ela diz que já tem bastante outros colegas de profissão, vários cursos foram feitos, e as coisas estão diferentes de anos atrás. 

Hoje, ela está mais tranquila. Comprou um sítio e produz alimentos orgânicos, sem agrotóxicos, desde hortaliças à criação de galinha caipira. Mas conta que ama o seu trabalho como guia, pois “quando você pega um grupo, nunca sabe qual é o público, que tipo de pessoas você vai atender. Mas ao longo da sua apresentação e período que fica com as pessoas, interage, as conhece melhor. Normalmente as pessoas se apaixonam pela gente, pelo nosso trabalho. Muitas das minhas amizades foram feitas via o meu trabalho de guia. Inclusive, com pessoas de outros países” 

Ela até brinca que se o trabalho de guia não fosse remunerado e carregasse tanta responsabilidade, pareceria que ela estava sempre passeando também.  “Eu amo o meu trabalho. Estar na natureza é uma coisa muito gratificante. Muito, muito mesmo”, completa. 

Pois é, Mariazinha! A gente também acha. 

Author: