Blog Abismo Anhumas

Destino 100% seguro: Abismo Anhumas é certificado com ISO em segurança

Destino 100% seguro: Abismo Anhumas é certificado com ISO em segurança

23.11.2018.

“O Abismo Anhumas é uma das experiências mais incríveis eu já pratiquei no Brasil. Esse maravilhoso destino, fenômeno natural é incrível por ser uma caverna, mas também uma aventura pelo ar, pela água… Por essas razões a experiência foi na verdade um pouco assustadora, mas também um desafio maravilhoso, especialmente pelo tempo explorando a caverna. O Abismo Anhumas é certamente uma das mais maravilhosas experiências naturais que você pode ter no Brasil”, Shannon Stowell, CEO da Adventure Travel Trade Association (ATTA), maior associação de turismo de aventura do mundo.

 

**

 

Lá em meados do ano 2000, antes mesmo de existir um certificado em gestão de segurança para atrativos de Turismo de Aventura, o Abismo Anhumas já havia implantado uma série de procedimentos que viraram referência internacional. Isso porque, além da alta periculosidade do ambiente, muitos profissionais ambientalistas estiveram envolvidos desde a descoberta do Abismo até o seu desenvolvimento como atrativo turístico.

Assim, além dos proprietários fazendeiros, esses profissionais contribuíram para o equilíbrio perfeito entre a preservação da natureza local quanto por garantir que mais e mais pessoas tivessem a oportunidade de conhecer esse espetáculo natural. Entre esses parâmetros está o que chamados de Turismo Responsável, que zela inclusive pelo limite de visitantes diários, para que o espaço não seja sobrecarregado e degradado.

Um desses especialistas é Edmundo Dineli, o Eddie, responsável pela gestão de segurança do Abismo Anhumas, atual Secretário do Meio Ambiente e Coordenador da Defesa Civil do Município de Bonito/MS. Ele conta que “quando começou discussão de normas técnicas para o Turismo de Aventura, em 2003, o Abismo já era vanguarda e referência do SGS (Sistema de Gestão de Segurança). Inclusive com procedimentos documentados que a normatização veio exigir posteriormente”.

A criação da primeira norma foi publicada em 2005. Agora em 2017, ela passou por uma mudança e atualização até virar ABNT NBR ISO 21101 (Turismo de aventura – Sistema de Gestão de Segurança – Requisitos) que garante o aprimoramento da segurança na prestação dos serviços de turismo de aventura, ao atendimento à legislação, ao posicionamento do negócio no mercado internacional, à preservação ambiental e cultural, à consciência social e ao desenvolvimento econômico-financeiro.

O que importa para o turista?

Neste caso, o importante para você, turista, é poder ficar tranquilo, pois você e sua família estão em ótimas mãos! E isso quem diz são os maiores especialistas em turismo do mundo, entre eles Shannon Stowell, CEO da Adventure Travel Trade Association (ATTA), maior associação de turismo de aventura do mundo.

“A equipe é muito profissional. Você passa por um treinamento no dia anterior, pelo qual você é duplamente certificado: se está pessoalmente confortável em praticar a atividade, e por meio da equipe, que precisa ter a certeza de que você está apto a praticar o rapel. O que é uma parte sem dúvidas muito importante para todo o processo, considerando ser uma atividade com mais risco”, conta ele.

Shannon, ao lado de jornalistas, cinegrafistas e empreendedores envolvidos com turismo ao redor do mundo participaram nas últimas semanas do Adventure Next Latin America. Esse é o maior evento internacional do ramo e foi trazido pela Fundação de Turismo do Mato Grosso do Sul e pela Embratur, estando pela primeira vez no Brasil, em Campo Grande. E uma das experiências do grupo foi visitar o polo turístico de Bonito, incluindo o atrativo Abismo Anhumas.

 

Como o turismo deve ser

Além do depoimento que precede esse texto, Shannon lançou luz à importância do turismo de aventura como um todo – setor em que o Brasil tem um grande potencial. “O turismo está crescendo de 5% a 7% ao ano. Dentro disso, o turismo de aventura em especial tem crescido aproximadamente 20% ao ano. Isso significa que mais turistas estão interessados em uma experiência em turismo de aventura. Assim, capacitação em segurança e sustentabilidade são de extrema importância, devem ser prioridade dos atrativos e destinos”, disse ele.

O CEO da ATTA diz ainda que como boa parte dos atrativos em Bonito são capacitados pelo programa Aventura Segura e certificados em Sistema de Gestão de Segurança, isso colabora para disseminar ainda mais os grupos de destinos que comercializam o turismo da melhor forma.

Assim seguimos com a certeza de trilhar os caminhos certos e fazendo o melhor para você, turista, para a natureza, para o Brasil e para o mundo. Já viveu essa experiência?

 

 

FOTO: Murilo Veronesi

Author: