Ao longo dos mais de 20 anos de operação, o Abismo Anhumas promove experiências inesquecíveis para milhares de pessoas que buscam o ecoturismo, o contato com a natureza preservada. E agora essa aventura está com uma operação de turismo acessível ainda maior: automatizamos o formato de descida e subida da caverna, aumentamos a área útil da plataforma flutuante e oferecemos novas possibilidades de visitação.

Saiba mais sobre essas e outras melhorias. Afinal, como não ficar “abismada” ou “abismado” com tanta beleza natural, não é mesmo?

 

Sistema de Elevação

A descida e a subida no Abismo Anhumas são, a partir de agora, feitas por um Sistema de Elevação elétrico. São usadas cadeirinhas de técnicas verticais – as mesmas do rapel –, mas para chegar à plataforma flutuante lá embaixo, na caverna, o turista precisa fazer zero esforço físico. Isso permite um turismo acessível para cada vez mais pessoas, além de poderem curtir completamente o visual!

Como funciona? Conduzido pelos nossos monitores de técnicas verticais altamente treinados, um motor realiza a descida e a subida da pessoa por meio de cabos. Isso acontece em no máximo cinco minutos. Ou seja, otimiza ainda mais a experiência.

Assim, reduzimos o tempo do percurso – que chegava a ultrapassar 40 minutos em alguns casos. Por isso, deixamos de aplicar treinamento para o rapel e ascensão em corda. Mas a visita ao escritório do Abismo Anhumas no dia anterior ao passeio (Checkpoint) permanece para:

– Assinar os termos de compromisso;
– Provar a roupa de Neoprene (para quem optar por entrar na água. Explicaremos mais abaixo).

 

Confira outros detalhes sobre a prática:

  • A descida é realizada sempre em duplas e cada pessoa é equipada com todos os acessórios de segurança.
  • Cada visitante chega e fica em cima do portão eletrônico, localizado acima da fenda, na boca da caverna.
  • Com a orientação dos monitores e utilização de uma cadeirinha de rapel, o visitante é “clipado” com 2 mosquetões, 1 principal e 1 de backup, para que tenha a segurança necessária para realizar o passeio.
  • Abre-se o portão eletrônico e os visitantes entram, após liberação prévia dos monitores.
  • Os visitantes não precisam fazer esforço físico nenhum! Monitores conduzem a operação, tanto para subir como para descer.
  • A equipe de condutores mantém uma comunicação via rádio com todos envolvidos na operação, em cima e dentro da caverna, para orientar e conduzir o turista durante o processo. Tudo para ocorrer da maneira mais segura e tranquila possível.

 

Como você quer se aventurar por aqui?

Outra novidade são os formatos de visitação disponíveis no atrativo. Lá embaixo, todos os turistas fazem um passeio de bote no qual conhecem tudo sobre as formações milenares da caverna! Mas agora também é possível escolher entre as opções:

Contemplação – Descida-Subida + Passeio de bote (sem entrar na água)

Flutuação – Descida-Subida + Passeio de bote + Flutuação (a tradicional modalidade do Abismo Anhumas: flutuar nas águas cristalinas com a roupa de Neoprene).

Mergulho Discovery – Descida-Subida + Passeio de bote + Mergulho para turistas sem certificação, incluindo a primeira experiência de mergulho com cilindro.

Mergulho até 18 metros – Descida-Subida + Passeio de bote + Mergulho para visitantes certificados (mínimo Open Water).

 

ISO em segurança

O Abismo Anhumas é certificado pela ABNT NBR ISO 21101 (Turismo de aventura – Sistema de Gestão de Segurança – Requisitos). Isso garante o aprimoramento da segurança na prestação dos serviços de turismo de aventura, ao atendimento à legislação, ao posicionamento do negócio no mercado internacional, à preservação ambiental e cultural, à consciência social e ao desenvolvimento econômico-financeiro.

A atrativo foi um dos primeiros certificados no Brasil junto do programa Aventura Segura da Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (ABETA), do Ministério do Turismo (MTur) e SEBRAE Nacional.

 

Venha viver a maior aventura do Brasil!

De acordo com a turismóloga e monitora de técnicas verticais do Abismo Anhumas, Clara Antunes, “a experiência ficou muito mais acessível. Com essa nova estrutura, as pessoas ficam mais tranquilas. É tudo controlado pelos nossos monitores, além de um sistema de trava inteligente que deixa a subida e descida mais fáceis ainda. Dá muito mais segurança às pessoas.”

Com a implementação desse novo sistema, o Abismo Anhumas pode receber até 40 visitantes por dia. “Será uma fase de adaptação também, porque mais do que ser um turismo acessível, permanecemos uma experiência única, exclusiva e sustentável”, completa Clara.

E aí, o que achou das mudanças? Te esperamos para viver essa experiência inesquecível!

Envie sua mensagem