Blog Abismo Anhumas

3 curiosidades sobre o Abismo Anhumas pro Dia Mundial da Água

3 curiosidades sobre o Abismo Anhumas pro Dia Mundial da Água

21.03.2020.

Água. Tão essencial para a nossa vida, esse elemento ganhou o seu próprio dia, comemorado em 22 de março. O Dia Mundial da Água foi criado em 1992 pela Organização das Nações Unidas (ONU), visando educar sobre o uso consciente e sustentável, além de ampliar a discussão de sua importância em todo o globo, afinal, “Terra, planeta água”, como dizem.

A vida por aqui, como a conhecemos, só é possível pela água. O corpo humano, por exemplo, precisa de água para vários processos como para manter a temperatura corpórea. Ela também é essencial para o equilíbrio de todo o ecossistema. E quem é que não gosta de dar um mergulho refrescante em uma água cristalina?

Justamente por isso, e já que o Abismo Anhumas também é formado e esculpido naturalmente por ela, separamos três curiosidades sobre a nossa caverna especialmente para o Dia Mundial da Água. Confira a seguir.

 

Visibilidade sem igual

O lago cristalino do Abismo Anhumas tem cerca de 80 metros de profundidade. A visibilidade é de incríveis 40 a 60 metros. Por isso, mesmo na flutuação, você pode enxergar muito bem os cones submersos, dando a sensação de estar sobrevoando uma cidade fictícia. Mas é bem real, viu? E existe no Brasil!

 

De pouco a pouco, uma grandiosidade

O visual do Abismo é sem igual também por conta das formações rochosas. E a água também tem um papel fundamental para esse processo! É ela que arrasta o carbonato de cálcio que goteja do teto. Pode ainda sofrer evaporação na própria estalactite – que se origina do teto de uma gruta ou caverna, “crescendo” para baixo, em direção ao chão –, esculpindo desenhos naturais.

As estalagmites também são formadas pela deposição (precipitação) de carbonato de cálcio arrastado pela água que goteja. A diferença é que elas “crescem” a partir do chão e vão em direção ao teto. Durante a flutuação, os visitantes apreciam as belezas desses gigantescos cones submersos espalhados em toda a área. No mergulho é possível passar entre alguns.

A caverna levou milhões de anos para ser exatamente como é hoje.

 

Preservar para não faltar

A Serra da Bodoquena é tida como um frágil reservatório de água que abastece todos os municípios de entorno: Bodoquena, Bonito, Jardim e Porto Murtinho, bem como seus atrativos turísticos, incluindo o Abismo Anhumas. Por isso, o Instituto das Águas da Serra da Bodoquena (IASB) promove e difunde a defesa, preservação e conservação dos rios da região, respeitando e fazendo respeitar o ecossistema e a biodiversidade. Isso é essencial para garantir a sustentabilidade da região – um dos valores que torna o Dia Mundial da Água tão importante.

 

Gostou dessas curiosidades? Então lembre-se: use a água com responsabilidade para não faltar. Esse é um compromisso conosco e com as próximas gerações.

 

Foto em destaque por Victor Ferrer, feita durante uma expedição de espeleólogos ao Abismo Anhumas durante o 35º Congresso Brasileiro de Espeleologia (35º CBE) realizado em Bonito, em 2019.

Author:

Arquivos