Blog Abismo Anhumas

Curiosidades: quantos anos você teria se fosse uma formação rochosa do Abismo Anhumas?

Curiosidades: quantos anos você teria se fosse uma formação rochosa do Abismo Anhumas?

17.08.2018.

A grandiosidade do Abismo Anhumas impressiona como um todo. Se você vai conhecer o local, um dos mais almejados do polo turístico de Bonito, sinta-se preparado para ser impactado. Quem já visitou, pode dizer isso com toda a certeza. Você começa pelo rapel de 72 metros de altura, que, apesar de ser realmente bem alto, parece pequeno tamanha a grandiosidade da natureza. Pequenos mesmos somos nós, perto dessa imensidão. 

Mas se tem uma coisa que chama muito atenção são as formações rochosas dentro da caverna. São estalagmites e estalactites que foram formadas sem nenhuma intervenção do ser humano. Poderiam ser consideradas obras de arte, com seus formatos abstratos e peculiares, esculpidos por milhares e milhares de anos.  

Do lado de fora do Abismo Anhumas, enquanto você se prepara para encarar a aventura, há disponível uma tabela com os dados de quantos anos você teria se fosse uma dessas formações rochosas. E aqui, trouxemos um pouco desse comparativo para você ter ideia de como esse processo é lento e único, e sanar essa curiosidade. 

Se você tem 1,30m de altura, teria 260 mil anos. 

1,50m – 300 mil anos 

1,67m – 334 mil anos 

1,75m – 350 mil anos 

1,80m – 360 mil anos 

1,90m – 380 mil anos 

2m – 400 mil anos 

2,10m – 420 mil anos 

 

Como acontece esse processo? 

Há duas nomenclaturas mais comuns para essas formações rochosas sedimentares: estalagmites e estalactites. As estalactites se originam do teto de uma gruta ou caverna, “crescendo” para baixo, em direção ao chão. Elas se formam a partir da deposição (ou precipitação) lenta e contínua de carbonato de cálcio. Ele é arrastado pela água que goteja do teto ou que sofre evaporação ainda no próprio estalactite. 

As estalagmites, por sua vez, “crescem” a partir do chão e vão em direção ao teto. Também são formadas pela deposição (precipitação) de carbonato de cálcio arrastado pela água que goteja, mas de uma superfície superior. 

No Abismo Anhumas, além dessas duas formações citadas, há também cones, cortinas, travertinos, couves-flor, dentre outros. Essa estrutura natural é anualmente avaliada e vistoriada por uma equipe de profissionais especializados, que inclui engenheiros ambientais, por exemplo. Assim também garantindo a segurança dos turistas que visitam o atrativo. 

 

Demais, não é mesmo?  

A principal lição que tiramos disso é que ter paciência, especialmente ao construir coisas grandiosas em nossas vidas. Se até a natureza levou tanto tempo para construir essa imensidão aos sentidos que é o Abismo Anhumas, que dirá nós, reles mortais. E você, o que pensa a respeito? 

 [Aproveite para ler: 10 coisas que você precisa saber antes de visitar o Abismo Anhumas!] 

Author: